O pobre homem rico

Certo homem Rico, morava em uma fazenda, todos os dias vangloriava-se por ter conquistado tudo que tinha. Seu vizinho, chamado contentamento, acordava todos os dias agradecendo por sua vaca dar leite, sua galinha ovos e a chuva fazer sua plantação não morrer.  O homem rico, desprezava seu vizinho e tratava com indiferença. 

O homem rico, preocupava-se com suas riquezas mais do que tudo e sua ambição resultou em decisões erradas. Ofereceram uma proposta tentadora, trocar sua fazenda por porções de ouros. Sua ambição era tanta, que assinou o contrato, sem primeiro levar para o escritório de análises. Quando feliz foi trocar seu ouro, descobriu que aquilo era ‘’ouro dos tolos’’. 

Seu vizinho, contentamento ofereceu ajuda, mesmo com o pouco que tinha para oferecer. Naquele dia, declarou para si em sua amargura ” Sou um pobre homem rico.”

O contentamento pertence as pessoas que não se apoiam com as coisas terrenas, elas simplesmente desfrutam. Nessa corrida ansiosa, estamos perdendo os pequenos detalhes da vida, reflita hoje e pense quando era criança: Você tinha gratidão por coisas simples, tratava todas as pessoas como iguais, perdoava com facilidade, não havia comparação ou competição de quem era ”o melhor”, entre tantas outras coisas…  

Eclesiastes 11:8 – Bíblia Viva 

Eclesiastes 11:8 

Se uma pessoa chegar á velhice, deve se alegrar em todos os dias de sua vida. Mas deve lembrar também que a eternidade é muito mais comprida; quando se compara a vida com a eternidade, o que fazemos aqui não vale nada! 

Deus te abençoe! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s